30 dezembro 2009

SERRA DE MONTEMURO

-
---Foi com grande surpresa que, na semana do Natal, o senhor auto intitulado “Presidente da Ecobike” entrou em contacto comigo (Guimarães ou Gui para os mais chegados) no sentido de o acompanhar, juntamente com os seus pupilos, em mais uma saída de btt, indicando que iríamos conhecer a Aldeia Mais Portuguesa de Portugal (Monsanto, no concelho de Idanha-a-Nova).
-
---
Intimamente fiquei pensativo em relação a tão ilustre convite (das duas uma ou me convidou para encher a viatura ou então é porque desejava me compensar dado, no passeio das luzes, levado a maior representação de uma equipa amadora Pedaladasbiketeam” de Custóias City), qualquer que tenha sido a sua ideia eu fiquei muito feliz, quase que nem dormi nos dias seguintes.
-
---
Entretanto, chegado o tão esperado dia, alguns dos seus “habitués” comparsas começaram a levantar questões sobre a viabilidade da organização do raid devido à aproximação de uma “tromba de água”.
-
---
Após uma turbulenta discussão entre o “Presidente” e o presumo “Vice” (que do meu ponto de vista é o mentor de tão espectaculares saídas), lá ficou decidido que iríamos visitar a Serra de Montemuro, em Castro Daire.
-
---O trajecto até Castro Daire correu de forma normal, com o Senhor Presidente a se exibir com a potência da sua viatura auto, contrastando com a viatura cedida gentilmente por alguém que não deve ter amor à máquina para a entregar nas mãos de um polícia.
-
---
Já na cidade que nos acolheu e após a solicitação da praxe por parte do Presidente (foi eleito para alguma coisa) lá conseguimos obter a promessa de um banho nas instalações da G.N.R. local (ao seu Comandante endereço aqui um grande abraço pela gentileza).
-
---
Falando propriamente do passeio, posso dizer, que para não variar, foi servido com um aquecimento de cerca de 20 quilómetros sempre a subir em estrada alcatroada.
---Depois começaram as aventuras, (e as discussões entre o Presidente, detentor de 2 GPS sem trilhos marcados e o seu Vice com um GPS a funcionar e com o trilho definido e isto tudo porque o primeiro exigia ser ele a possuir o conhecimento do percurso, enfim birras de velho).
-
---Ao longo do percurso fomos passando por locais como: Vilar, Picão, Rossão, Campo Benfeito, Codecal e Gosende (vistas sobre estas aldeias), Feirão, Talhada, Panchorra, Gralheira (tem um belo restaurante para pizzas), Monte Sobrado, Carvalhosa, Ermida.
-

---Em suma, foi um total de 76 kilometros, com passagem pelos 1359mt de altitude, onde ainda houve tempo para umas paragens em cafés locais.
-
---De referir, claro, que os habitantes ao vislumbrarem 5 máquinas de duas rodas presentes elegeram a minha bela KTM como a mais máquina. Mais uma birra do Presidente, só faltou atirar-se para o chão e chorar.
---Numa paragem num posto de abastecimento de combustível o Vice temeu pela sua vida ao se deparar com 4 canídeos e o Presidente ter adquirido uma “botelha” de água milagrosa (isto presumimos nós dado ao valor pago por ela).

---Convém salientar que nunca nos encontramos perdidos (apenas 3 vezes), mais uma ameaça por parte do Presidente devido ao GPS do Vice, mas eu aposto que tudo não passou de um azar técnico por parte deste em relação à perda de sinal no seu aparelho.


---Também se não fosse isso não teríamos tido oportunidade de testar a verdadeira essência do btt, ao andar uma encosta abaixo com as máquinas às costas pois não havia trilhos nas proximidades.
-
---
Resumindo, e como foi a mim que foi solicitado elaborar esta pequena crónica eu assumo que adorei o dia na companhia do Gigantone, do Vitokorov, do Santiago e do Tojo com todas a peripécias, reclamações, birras, discussões e rizadas (não me pronuncio sobre a parte do Presidente, mais uma vez, ter que ser o maior ao imitar o Vice para a hora do wc em plena serra - há um vídeo que relata esse acontecimento).
-
-
---
A quem solicitou a minha presença desde já o meu grande obrigado, esperando que após estas curtinhas palavras volte a ser convidado.
-
P.S.: um grande abraço ao gigantones que teve a coragem para me dar um anda lá moço, nas subidas pois as minhas perninhas não têm a rodagem dos restantes elementos que me acompanharam, mas nas descidas eu é que tinha que esperar por eles.
-
---
Já me esquecia que para terminar fomos devorar o belo do Bife de Alvarenga, valeu a pena vos garanto.
-
-
GPSies - SERRA DE MONTEMURO
-

-
Serra de Montemuro

3 comentários:

Anónimo disse...

Estes passeios são uma benção ao BTT...estão de parabens os Organizadores...o Presidente e o Vice presidente, sejam eles os maiores nestes eventos, para mim estão bem um para o outro...Parabens, venham mais e que eu possa ir...
Santiago

nuno renato da silva disse...

eu concordo com o mister santiago, mas so volto a acompanhar esta malta se prometerem duas coisinhas, uma retribuir de igual forma acompanhando os passeios dos pedaladas e se o gps de serviço continuar a ser o do vitikorov (so para ver o presidnete mal disposto). ehehe
Gui

Anónimo disse...

os enganos não foram do gps foi da vegetação que cresceu e iamos distraidos para ver o trilho.