25 janeiro 2009

CAÇA MOUROS

.


-----Hoje, fui com Calvão, o único ecobiker sem medo das intempéries, até a cidade da Maia, para participar no passeio do grupo de btt Caça Mouros, denominado "1º Passeio ao Rojão", inserido nas festas de S. Gonçalo, Covelas - Trofa.

a última foto com o gps

Calgonite equipado a rigor


-----Tratava-se de um passeio de domingueiros, sem inscrições e de dificuldade baixa, que encaixava na perfeição nas nossas pernas cheias de ferrugem....

-----A concentração teve lugar junto a um café, frente ao ISMAI, onde a organização ofereceu um dorsal para colocar na bike.

-----Devido aos atrasos do costume ainda deu para tomar o pequeno almoço, já que tinha estado a trabalhar toda a noite e foi sempre a correr para chegar a horas.


-----Como é natural nestes passeios encontramos "velhos companheiros de guerra", ou neste caso de pedaladas e assim deu para colocar a conversa em dia com o Josué, desta vez na companhia do seu filho e a fazer rodagem à sua super machine da Specialized, ainda a brilhar e a cheirar a nova.

-----Antes da partida caiu uma forte chuvada que não assustou os participantes que iam chegando a conta gotas, que segundo a organização chegou aos 200 (muita gente sem palha na cama).

-----Após o briefing de megafone, iniciou-se o passeio, que após uns metros em asfalto entrou logo a direita para o mato, onde rapidamente se verificou que lama e água não iam faltar, devido à chuva dos últimos dias.

-----O passeio para fazer jus ao nome seguia a ritmo mesmo baixo, como devia ser, ou não fosse um passeio de domingueiros. Enquanto isso, lá fui parando para uma foto ou um filmezito, com os atletas a passar em fila indiana.
.

-----E assim corriam as coisas, muito calmamente, até que volvidos cerca 7km, em mais uma paragem para foto, verifiquei que o meu gps da Garmin Etrex Legend HCX, tinha-se soltado do encaixe do guiador, sem que me tivesse apercebido.



-----Fui como um foguete para trás, pois tinha a certeza que tinha acontecido num percurso máximo de 200mt e em estradão de mato.

-----As esperanças eram poucas em encontrar o aparelho, pois com tantos atletas que seguiam atrás de mim e ao ritmo baixo que pedalávamos era impossível não o terem visto no chão.


-----E assim foi, após várias vezes a fazer o referido percurso para cima e para baixo, uma das quais na companhia do último membro da organização, que seguia com uma vassoura as costas e revirar a vegetação decidi por fim ao tormento da busca do gps, que assim que caiu rapidamente levantou voo para o bolso ou mochila de um grande f**** da p***.

-----Como é evidente o passeio terminou ali.

-----O Calvão, pouco habituado a passeios, seguia entusiasmado, que nem se apercebeu do que me tinha acontecido e lá continuou viagem até ao Rojão.

-----Mais tarde fiquei a saber que devido as faltas aos treinos o calgonite teve quase de ir ao "colo", no regresso por estrada.

-----Os caça mouros que me desculpem, mas este passeio vai ficar marcado como uma tragédia pessoal, um passeio para esquecer e tudo por causa de um co* * *, de fracos princípios, que faço votos que o meu gps o guie muito bem contra uma parede,

ou para o sitio onde mais tarde ou mais cedo lá há-de chegar.


. Parabéns aos CAÇA MOUROS pelo passeio, que infelizmente não pude concluir.

http://cacamouros.wordpress.com/

.

3 comentários:

Trepador disse...

Amigo, vou ser claro e sucinto: que nasce um pinheiro de Natal no cu daquele energúmeno que se apropriou do teu gps- lamentável atitude mas nada que nos surpreenda hoje em dia infelizmente, que lhe faça bom proveito a mandar-se de uma ribanceira abaixo...
Quanto ao tema do passeio e musica, no comments!!!

Clube Ciclismo Vila Flor disse...

Boas colegas! Fica a qui o convite para a IV Rota da Liberdade 29/Abril/2009 Vila Flor. Apareçam! Boas pedaladas

Anónimo disse...

"Hoje, fui com Calvão, o único ecobiker sem medo das intempéries..."

Esse gajo só anda quando o rei faz anos e tu fazes este tipo de apreciação... já cansa.

Os restantes Ecobiker's, tal como esse destemido das intempéries, têm família e compromissos, não são solteiros e vivem com os papás.

Ass. JP Leite